segunda-feira, 6 de abril de 2009

Divulgando promoção

Max Lucado estará visitando o Brasil e eu quero registrar meu apoio, divulgando a seguinte promoção:

Promoção de Aniversário do blog Amenidades da Cristandade: ganhe um livro do Max Lucado!

Para comemorar um ano de blogagem e também a vinda de Max Lucado ao Brasil, o blog Amenidades da Cristandade em parceria com a editora Thomas Nelson está sorteando um exemplar do livro "Derrubando Golias".

Para participar acesse o post abaixo do blog Amenidades da Cristandade para conferir as regras:

É nosso aniversário e você pode ganhar um livro de Max Lucado!

Corra pois a promoção vale apenas durante o mês de abril!

Saiba mais sobre a vinda de Max Lucado ao Brasil clicando aqui.

Tmb quero ganhar o livro, é claro! ^^
Graça e Paz a todos amados e amadas!

terça-feira, 30 de setembro de 2008

Trampo novo!

Trampo novo merece um post. Não que seja alguma grande função ou cargo de relevância, entretanto pelo simples fato de trabalhar, ainda mais numa época de tanta correria como é o fim de ano, eu fico feliz por isso. Talvez o q realmente me motive a postar seja a esperança de ascensão profissional dentro de um período breve de tempo. Ainda não havia trabalhado numa empresa onde houvesse o famigerado plano de cargos e salários. E sei q posso estar entre os candidatos à promoção. Não só pela minha capacidade, mas por tudo aquilo que Deus tem feito na minha vida... E não é pouco. Não posso creditar as bençãos a alguma fidelidade ferrenha da minha parte, mas apenas ao amor sem fim do Pai Celestial. Não ouso arriscar que eu seja algum filho querido ou especial, sei que o Senhor não faz acepção de pessoas como eu faço... Mas assim o salmista eu me questiono: Que darei eu ao SENHOR, por todos os benefícios que me tem feito? (Salmo 116, 12)
O Senhor tem me cobrido de bençãos e eu não posso deixar de registrar... Glória ao Deus de toda a terra!!!
Fim de semana estive juntamente com o Pastor Mota, sua esposa Angela e a irmã Concebida no Batistão, acampamento da CBB. Foi muito edificante participar do evento que aconteceu. Estou bastante motivado para que o projeto Minha Esperança seja uma colheita maravilhosa.
Hoje comprei uma Bíblia nova, que eu desejava a bastante tempo, minha primeira Bíblia de estudo, já tava na hora mesmo. Graças a Deus por mais essa benção!
Vou parando por aqui...
Toda honra, todo poder, toda força e toda glória sejam dadas ao único que é digno: Jesus Cristo, o Filho de Deus.
Amém!

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Coisas q merecem um post...

Regularidade nesse blog e pontualidade nos encontros recentes definitivamente não tem sido o meu forte. A respeito dos encontros, não que tenham sido algo mais q pura amizade, mas não tenho conseguido chegar no horario marcado. Detesto isso e sei q a solução é simples: sair mais cedo. Entretanto desrepeitando meu próprio conselho, eu não estou chegando na hora. E quanto a esse blog, vou mudar a abordagem, e torná-lo mais autoral. Afinal o q é um blog senão o seu "cantinho" na net? Lugar onde vc pode desde criticar o q tiver vontade até desabafar, enfim onde vc não precisa se prender a paradigmas...
Antes q eu comece a viajar e sair do assunto proposto:
No dia a dia sempre rola um evento q merece um post, mesmo nos dias modorrentos e tal, rola de escrever sobre tédio e monotonia.
O dia de hoje mesmo me permitiu essa idéia de mudar o foco do blog, assim pelo menos eu garanto a regularidade mais frequente nessa bagaça. E tenho dito.
[Off] - Sou viciado em extensões pro meus browsers, acho q tmb por isso eu rejeite o IE, porque não oferece nada em extensões...

quinta-feira, 24 de julho de 2008

... (reticências ^^)

Amo reticências, não sei porque, mas eu as amo de veras. Talvez porque quando eu as veja em algum texto, elas automaticamente me remetem a alguma reflexão. E refletir sempre foi um exercício pra mim. aquele exercício agradável de se fazer, entende? Entretanto eu me deparo quase que diariamente com pessoas que incorporaram o sentido literal do famigerado ditado (ou seja lá o que for): "A ignorância é uma benção." Não sei quem inventou ou popularizou essa frase, mas sinto que cada vez mais ela ganha "adeptos". Mas num estranho paradoxo percebo que por mais ignorantes que sejam as pessoas, elas adoram dar palpite em tudo. Como disse Jô Soares dia desses: "...do cocô à bomba atômica, brasileiro tem opinião sobre tudo." è interessante notar que as pessoas preferem falar besteira do que ficar caladas diante de um assunto qq o qual não entendam...
Creio q isso não vai mudar, talvez porque as pessoas temam que o calar represente um tipo de admissão de ignorância. Desde de pequeno eu aprendi q "é melhor ficar calado do que falar besteira", e "não perca a oportunidade de permanecer calado." E mais recentemente: "se aprende mais em silêncio do q fazendo muitas perguntas."
Talvez esse post esteja meio sem nexo, mas o sentido dele pra bom entendedor já ficou claro: uma reflexão sobre a necessidade de calar-se. E refletir...
Off: Sabe aqueles dias que aparentemente nada especial vai acontecer e pelas muitas misericórdias de Deus, vc simplesmente "ganha" o dia? Hoje foi um dia assim pra mim!
Glória ao Deus Eterno e Todo Poderoso, ao Único que é digno!

----------------
Now playing: Leonardo Gonçalves - moriá
via FoxyTunes

Flickr

This is a test post from flickr, a fancy photo sharing thing.

segunda-feira, 7 de julho de 2008

Amor, possivelmente a palavra mais mal compreendida...

Depois q iniciei o trabalho com os jovens tenho percebido q mesmo os jovens cristãos tem uma idéia completamente errônea a respeito do Amor. As músicas, filmes, livros costumam demonstrar o amor como sentimento banal, que leva as pessoas a sofrer...
Mas uma vez Renato Russo, bem disse q "...se o Amor é verdadeiro, não existe sofrimento". Concordo com ele, e quero elaborar esse post melhor depois, mas deixo um vídeo q fala de Amor:

video

quinta-feira, 3 de julho de 2008

A diferença de ser Flamengo!

Para qualquer um, a camisa vale tanto quanto uma gravata. Não para o Flamengo. Para o Flamengo a camisa é tudo. Já tem acontecido várias vezes o seguinte:- quando o time não dá nada, a camisa é içada, desfraldada, por invisíveis mãos. Adversários, juízes, bandeirinhas, tremem, então, intimidados, acovardados, batidos. Há de chegar talvez o dia em que o Flamengo não precisará de jogadores, nem de técnicos, nem de nada. Bastará a camisa, aberta no arco. E diante do furor impotente do adversário, a camisa rubro-negra será uma bastilha inexpugnável."

Nelson Rodrigues

Hoje vou escrever sobre algo diferente...
Sobre a diferença de ser Flamengo. Ontem, depois da fatídica derrota do tricoflor das Laranjeiras, se agigantou, não só em mim, eu creio, o fascínio e alegria de ser rubro-negro! O time do fluminense, tinha toda a condição de se tornar campeão da Libertadores, apesar de ter saído atrás no placar em virtude do jogo da semana anterior em Quito. E há de se reconhecer que Tiago Neves, confirma que é um jogador diferenciado que tem sim, vaga na seleção onde Dunga insiste com Diego no meio apenas pelo fato deste jogar no futebol europeu.
Apesar de eu rejeitar Tiago Neves pela arrogância demonstrada num jogo contra o Fla, em que o mesmo deixou claro sua falta de respeito pelo Mengão. Mas como dia o ditado: "what goes around, comes around", aqui se faz, aqui se paga!
O arrogantesinho chamou o jogo pra si, o que fez com maestria, diante das atuações apagadas de Washington, que perdeu um gol que simplesmente não se perde em final. Mas o que realmente derrotou o flor não foi bem a sua postura tática, com uma zaga completamente bisonha, batendo cabeça e proporcionando terror aos seus fracos torcedores...
O flor tinha um diferencial pra essa partida que era a lição aprendida com o Mengão, no terrível jogo contra o América do México. Humildade!
Fez falta ao Fla e fez tmb ao tricoflor... As declarações estapafúrdias de Renato Gaúcho a cada entrevista dada, foram infelizes demais. Dizer coisas como, "se precisar de 2, faremos 2, se precisar de 3, faremos 3..." são coisas pra serem ditas pelo torcedor. Mas Renato que sempre foi um boca aberta, apesar de ser bom tecnico, deixou-se dominar pelo espírito de quando ainda era jogador. Enquanto os jogadores permaneciam calados, concentrados, o "professor" não perdeu oportunidade de falar...
O flor teve o privilégio de aprender com o Flamengo, como não se comportar em um jogo decisivo, mas não aplicou o que viu. Hoje o Mengão lidera o Brasileiro, é sim, candidato ao título, mas nossa queda na Libertadores, ficou como lição primeiramente pra nós mesmos e depois pros timinhos...
A campanha tricolete na Libertadores, foi recheada de lances e gols que só a intervenção divina podem explicar... Gols de Conca, e de Washington simplesmente inexplicaveis, defesas de Fernando Henrique que contrariam a lógica, sendo o mesmo um goleiro de time de terceira divisão e olhe lá.
Voltando ao jogo, deixo para os tricoletes os coments sobre arbitragem. O que me chamou a atenção foram as cobranças de penais.
O goleiro da LDU, fim de carreira já, vivia um momento especial. A oportunidade de encerrar com um título inedito para ele, para o clube que defende e pra o seu país! Para qualquer tecnico que não estivesse num pedestal de arrogancia e prepotencia como o Renato estava, era claro que se deveria evitar a qualquer custo as cobranças de penaltis. Por causa do goleiro adversário.
Quando fez a primeira defesa, o arqueiro equatoriano comemorou de maneira comedida. Já o dublê de goleiro do flor, que durante a Libertadores foi incrivelmente abençoado por Deus , fazendo defesas impressionantes, quando defendeu uma cobrança, comemorou no estilo arrogante de seu treinador (a convivência é terrível), deixando transparecer a falta de respeito pelos adversários, talvez deslumbrado pela torcida que lotava o Maracanã, pela importancia do jogo, enfim...
Há de se acordar pra realidade: O Fluminense tem seus méritos, mas não aguento assistir um jogo no qual toda a equipe da Globo torceu desesperadamente pelo flor. Um pouco de profissionalismo fez bem! Graças a Deus o jogo não foi narrado pelo insuportável Galvão... Mas, mais uma vez ficou claro que convivência é terrivel e Luis Roberto gritou o terceiro gol do flor como se fosse um gol da seleção numa final de Copa do Mundo! Quem viu o jogo pela Globo sabe que eu não estou exagerando.
Mas pior do que isso é ouvir dizer que a perda do título nos penaltis foi "detalhe". Ora, detalhe é outra coisa totalmente diferente. Isso até me lembra durante a Copa de 94, que o chatonéssimo do Galvão chamava cobranças de penaltis de "loteria"... Besteira pura: nos penaltis, o goleiro por melhor que seja está compeltamente vendido, tem que "adivinhar" o canto ou contar com a incompetencia do batedor. Ora, já pensaram o porque de tantas paradinhas safadas nas cobranças hoje em dia?
Pura incompetencia dos cobradores! Pelé imortalizou a paradinha, mas Pelé a fazia com classe e categoria, não como é feita hoje, por medo, porque os cobradores não se garantem...
Termino esse texto, reafirmando:
Ser Flamengo é a diferença!